Filmes Live-action

Transformers e G.I. Joe frequentemente compartilham a mesma estratégia de marketing. Têm um público-alvo similar, e foram lançados mais ou menos na mesma época. É por isso que animações e filmes das franquias são lançados com pouco tempo de diferença.

Com o sucesso do filme dos cybertronianos em 2007, a Hasbro achou por bem criar uma franquia para os joes no mesmo esquema, uma aventura de ação comandada por um diretor acostumado a fazer filmes grandes cheios de explosões e lutas.

Ao contrário de seus irmãos ricos, no entanto, os filmes do G.I. Joe não foram lá tão bem quanto o esperado nas bilheterias. Chegaram a propor a criação de um universo expandido no cinema no modelo Marvel, que incluiria além das duas marcas, outras famosas nos anos 80 como ROM e Micronautas para tentar dar um empurrão, mas já há algum tempo ninguém fala sobre isso.

Mas isso não quer dizer que as parceiras Paramount e All Spark, produtora da Hasbro, desistiram. Elas já têm mais um filme engatilhado para estrear em 2020. A estratégia, como não poderia deixar de ser, é a mesma feita com Transformers no filme Bumblebee, focar em um personagem e contar sua história com calma e de maneira mais contida. O personagem escolhido entre os joes foi Snake-Eyes.

A seguir, falamos um pouco de cada filme: