1987

O pequeno Owen tinha nove anos e era um fanático por G.I. Joe. Além de brincar com os bonecos, devorava as HQs, o desenho animado e tudo mais que pudesse colocar as mãos que tivesse a ver com a força de missões especiais. Um dia, teve uma ideia, que decidiu compartilhar com seu pai.

– Não seria legal ter um G.I. Joe que soubesse ler mentes?
– É, isso seria bem legal! E como você chamaria um personagem assim?
– Bola de Cristal (Crystal Ball).

Pai e filho desenvolveram o personagem juntos e mandaram a ideia para a Hasbro, que gostou tanto que não só o lançou pela série seis, como também batizou Sneak Peek com o nome do menino, Owen King. Hoje escritor, ele tem um pouco de vergonha em falar sobre isso, já que acha que os fãs não gostam muito do boneco que criou. Seu pai, co-autor do projeto, também escritor e mestre do suspense, Stephen King, não concorda e tem o maior orgulho da proeza do filho.

Brinquedos

Nos EUA, a Hasbro se permitia ficar cada vez mais ousada e dessa vez lançou dois playsets gigantes, com o Mobile Command Center e o Defiant.

O número de bonecos também aumentava com os subgrupos. Foram lançadas mais treze figuras independentes do ramo normal de Cobras e Joes, incluindo Dreadnoks, Cobra-La, Battle Force 2000 e os Renegades do Sgt. Slaughter.

No Brasil, a Estrela, mais lentamente, também se permitia lançar alguns veículos maiores e mais complexos, como o Jetcóptero de Combate (versão nacional do Dragonfly), o Artilharia Pesada (Slugger) e o tanque cobra Super Canhão Laser (HISS).

Animações

Em 1987, G.I. Joe se despediu da Sunbow de maneira melancólica. No ano anterior, a parceria da Hasbro com a empresa de animação gerou dois lançamentos no cinema, Transformers – O Filme e Meu Querido Pônei: o Filme, e nenhum deles foi lá muito bem na bilheteria. Ambos ficaram um pouco abaixo dos US$ 6 milhões nos EUA na época.

G.I. Joe – The Movie (Comandos em Ação Especial) era o projeto principal do estúdio e deveria ter sido lançado primeiro, mas devido a atrasos de produção, ficou para depois dos dois citados acima. Como eles não foram lá muito bem, sofreu algumas alterações no enredo, a principal delas é que Duke deveria morrer com um dardo lançado por Serpentor, mas a impopularidade da morte do Líder Optimus no filme dos Transformers causou a alteração, que não teve nenhuma tomada extra gravada, apenas alguns trechos de diálogo, e por isso, ficou meio capenga.

O filme também teve sua passagem no cinema cancelada e foi lançada direto em home video, o que é quase um cancelamento de projeto no ramo. No Rotten Tomatoes, o desenho amarga 43% de nota da crítica, e vai um pouco melhor na nota do público, com 66%.

O Cobra-La era uma sugestão de Buzz Dixon para apresentar Serpentor como o novo soberano do Cobra. No ano anterior, a primeira ideia já havia sido implementada com a criação do Imperador Cobra pelo Dr. Mindbender em Arise Serpentor Arise. Agora era revelado que o Cobra tinha uma organização ancestral secreta que havia incumbido o Comandante Cobra de reconquistar o mundo para eles e comandava tudo dos bastidores.

A ideia não pegou muito bem entre os fãs e nada foi lançado no brinquedo além da cartela contendo Golobulus, o Atacante Nemesis e um Guarda Real. Nem mesmo Buzz gosta muito de Cobra-La e se desculpa aos fãs por isso até hoje, e em parte atribui a culpa a uma imposição da Hasbro sobre a equipe criativa.

Apesar de o filme não ter tido o efeito esperado, houve conversas iniciais sobre o que seria uma terceira temporada. A ideia de Michael Charles Hill seria que a série seguiria depois dos eventos do longa com o Cobra-La e o Cobra completamente dizimados.

Os vilões que sobraram estariam reunidos em uma organização criminosa chamada The Coil (que havia aparecido como uma seita de insatisfeitos com Serpentor no episódio Ataque Terror, da segunda temporada), liderada por Tomax e Xamot e recrutaria outros personagens na medida em que precisasse.

O Comandante Cobra, agora uma criatura mutante, agiria conforme seu objetivo pessoal de reverter o que foi feito com ele, jogando a favor de vilões ou heróis de acordo com a conveniência da semana. O Yojoe.com recuperou o que parece ser uma concepção inicial do que seria a abertura da terceira temporada não realizada.

Antes de que se pudessem avançar com essas ideias, no entanto, o projeto fez água, mas não foi o fracasso do filme que causou isso. Um novo player apareceria para tirar a animação da Sunbow. Mas falaremos mais sobre isso no momento oportuno.

No Brasil, estávamos completamente alheios a tudo isso e uma segunda leva de desenhos da primeira temporada estreou na Globo. No período entre 29 de junho e 21 de agosto, foi ao ar pela primeira vez por aqui em frequência diária, na Sessão Aventura Especial, de segunda a sexta por volta das 16h20. Depois disso, voltou ao tradicional horário de domingos na hora do almoço.

HQs

Ao contrário do desenho, as HQs do G.I. Joe acompanharam o brinquedo (e a demanda) e só aumentaram de quantidade. Foram 20 edições, entre ARAH, Special Missions, Yearbook e Order of Battle.

Se o Comandante Cobra havia sido julgado e condenado a ser transformado em cobra por Cobra-La, Larry Hama não quis nem saber da civilização refugiada no Himalaia e se recusou a incluí-la na revista. Isso não quer dizer, no entanto, que o ex-líder terrorista teve vida fácil no gibi.

Ele foi dado como morto junto com Destro na invasão e destruição da segunda encarnação do Pit, em Nova Jersey. Mas ele e seu fornecedor de armas preferido não iam morrer só por causa de algumas toneladas de entulho implodidas sobre suas cabeças. Eles sobrevivem e ficam soterrados, mas conseguem fugir.

Antes de conseguir fugir e retomar o Cobra de Serpentor, que havia sido aclamado na liderança da organização, ele descobre que seu filho Billy estava em coma em razão do carro que estava ter sido bombardeado por Scrap Iron.

Rapidamente, ele se arrepende de ter renegado o filho a vida inteira e resolve largar o Cobra para cuidar dele. Ele o leva para um Crimson Guard da série de soldados dormentes camuflados como cidadãos comuns.

Este, o Fred VII é um especialista em robótica e interação humana e faz uma nova armadura para o Comandante e uma prótese para a perna amputada de Billy, mas se sente traído em saber que o antigo líder vai abandonar tudo, atira nele pelas costas e assume seu lugar na organização com o apoio da Baronesa.

Billy não vê o que aconteceu porque, depois de um tempo que acordou do coma, se lembra quem era seu pai e vai embora para estudar ninjitsu com Jinx, uma Joe pertencente ao clã Arashikage.

Os Joes também cortaram um dobrado em 1987. Depois que o Pit é destruído, eles resolvem ser uma equipe itinerante, mas isso não dura muito e resolvem construir o Pit III em Utah.

Para piorar as coisas, a equipe de Quick Kick, Snow Job e seu líder Stalker é capturada na ditadura socialista de Baróvia em uma missão clandestina para libertar um jornalista que já havia sido solto por meio de negociações tão secretas que nem o G.I. Joe ficou sabendo. Eles foram condenados a três penas perpétuas cada de trabalhos forçados em um gulag e seus companheiros foram proibidos de resgatá-los, já que o governo americano negou participação em sua missão.

Claro que seu chapa Snake-Eyes monta uma missão para resgatá-lo sem o conhecimento de seus superiores, com Scarlett, o Blind Master, Billy, Storm Shadow e Jinx.

Lançamentos

Animações

HQs


G.I. Joe – A Real American Hero nº 55 | Unmaskings

G.I. Joe – A Real American Hero nº 56 | Jungle Moves

G.I. Joe – A Real American Hero nº 57 | Strange Bedfellows

G.I. Joe – A Real American Hero nº 58 | Desperate Moves

G.I. Joe – A Real American Hero nº 59 | Devergent Paths

G.I. Joe – A Real American Hero nº 60 | Crosd Purposes

G.I. Joe – A Real American Hero nº 61 | Beginnings… And Endings

G.I. Joe – A Real American Hero nº 62 | Transit

G.I. Joe – A Real American Hero nº 63 | Going Under

G.I. Joe – A Real American Hero nº 64 | Maneuvering for Position

G.I. Joe – A Real American Hero nº 65 | Shuttle Complex

G.I. Joe – A Real American Hero nº 66 | The Tenth Letter

G.I. Joe – Special Missions nº 3 | Burn-Out

G.I. Joe – Special Missions nº 4 | No Holds Barred

G.I. Joe – Special Missions nº 5 | Showdown!

G.I. Joe – Special Missions nº 6 | Evasion

G.I. Joe – Special Missions nº 7 | The Old Switcheroo

G.I. Joe – Special Missions nº 8 | Ambush

G.I.Joe – Yearbook nº 3 | Hush Job

Brinquedos

EUA


Chuckles

Crazylegs

Falcon

Gung Ho (versão 2)

Jinx

Law & Order

Outback

Psyche-Out

Sneak Peek

Tunnel Rat

Back-Stop
Hardtop
Payload
Rumbler

Steam-Roller

Anti-Aircraft Gun

Coastal Defender

Crossfire

Defiant

Helicopter

Mobile Command Center

Persuader

Radar Station

Road Toad B.R.V.

Rope Walker

S.L.A.M.

Mercer

Taurus

Red Dog

Avalanche

Blaster

Blocker

Dodger

Knockdown

Maverick

Dominator

Eliminator

Marauder

Sky Sweeper

Vector

Vindicator

Big Boa

Cobra Commander (versão 3)

Croc Master

Crystal Ball

Raptor

Techno-Viper

Gyro-Viper

Ice Viper

Sea Slug

W.O.R.M.S.

Buzz Boar

Jet Pack

Earth Borer

Maggot

Mamba

Mountain Climber

Pogo Ballistic Battle Ball

Pom-Pom Gun

Rope Crosser

Sea Ray
W.O.L.F.

Zanzibar

Air Skiff

Cycle

Golobulus

Nemesis Enforcer

Royal Guard

Starduster (Mala Direta)

Steel Brigade (Mala Direta)

The Fridge (Mala Direta)

Brasil


Condor

Estopim

Fumaça

Sparta

Artilharia Pesada

Buggy Cross Tático

Jetcóptero de Combate

Moto Míssil

Robô Lança-Chamas

Robô Lança-Mísseis

Robô Metralhadora

Caveira

Naja

Super Canhão Laser