G.I. Joe – Yearbook nº3 | Hush Job

Editora: Marvel
Roteiro: Larry Hama
Lápis: Ron Wagner
Arte-Final: Kin DeMulder
Colorista: Max Scheele
Editor: Bob Harras
Editor-chefe: Jim Shooter
Publicação: Março de 1987

Personagens nesta edição: Snake-Eyes, Storm Shadow, Scarlett, Cobra Soldiers, Slip-Stream, Ninjas Vermelhos e Dr. Mindbender.

Depois que Snake-Eyes é recapturado e evacuado de Sierra Gordo, ele é levado ao novo Consulado Cobra, que nada mais é do que uma enorme base Cobra em Nova York. Scarlett pede ao irmão de clã do amigo, Storm Shadow, para ajuda-la a extraí-lo de lá.

Toda sem diálogos, a história lembra muito o marco Silent Interlude, mas dessa vez é Scarlett que parte para o resgate.

Na já tradicional sessão Joes On Television, o texto comenta ainda sobre a segunda temporada de G.I. Joe, e o filme que sairia naquele ano não é mencionado. A única dica sobre o que poderia acontecer é quando se explica que uma organização maior do que o Cobra estaria dando as cartas em segredo. Talvez ainda fosse cedo para comentar os acontecimentos da produção.

A revista segue com ilustrações de Serpentor, Lady Jaye e Dr. Mindbender e um resumo de tudo o que havia acontecido naquele ano na revista.

Em mais uma história, temos uma breve noção de como deve ser jantar com uma pessoa que tem milhares de anos de anedotas para contar. My Dinner With Serpentor tem roteiro de Larry Hama, arte de Mike Zeck e Dennis Janke, cores de Janet Jackson e letras de Ken Lopez, e mostra Serpentor se recordando a Ripper, Buzzer, Torch e ao Dr. Mindbender de como a invenção da pizza ajudou-o a derrotar os gauleses e conquistar o que é hoje a França e a Bélgica.

Seguem-se ilustrações de Zandar e Zarana, os Dreadnoks e Hawk antes da tradicional cartinha de despedida do Hawk.