G.I. Joe – A Real American Hero nº 92 | Thunderclap

Editora: Marvel
Roteiro: Larry Hama
Lápis: Mark Bright
Arte-Final: Randy Emberlin
Letrista: Rick Parker
Colorista: Bob Sharen
Editor: Bobbie Chase
Editor-chefe: Tom DeFalco
Publicação: Novembro de 1989

Personagens nesta edição: Rumbler, Cross-Country, Long Range, Annihilator, Aero-Viper, Voltar, Iron Grenadiers, Alley Vipers, Stalker, Repeater, Muskrat, Scoop, Frag Vipers, Backblast, Dragonsky, Daina, Recondo, Falcon, Shockwave, El Jefe, El Presidente e Delbert Swinson.

Em Punta del Mucosa, na fronteira com Sierra Gordo, uma equipe Joe preparam uma apresentação de seu novo armamento para El Presidente, o Thunderclap. Mas fica evidente que eles estão armando alguma.

Por uma suspeita coincidência, depois dos eventos de Special Missions nº 26, os sobreviventes da Oktober Guard, Daina e Dragonsky, e os Joes que estavam em Sierra Gordo, Ten. Falcon, Recondo e Shockwave, estão prisioneiros de El Jefe e o Monopólio de Banana Norte-Americano (MBNA).

Voltar, que não ficou nada contente com a volta de seu antigo aliado, está bombardeando a sede da MBNA para preparar para a invasão de Rio Lindo, capital do país, enquanto uma equipe Joe liderada por Stalker participa camuflado sob um carro alegórico em uma parada de um concurso de beleza. Como o evento foi feito para a filha de um dos mais ricos plantadores de banana do país, ele não é cancelado mesmo enquanto a cidade é sitiada.

Aproveitando-se da confusão, a equipe de Stalker entre no escritório da MBNA e resgata os Joes e os soviéticos. Os Iron Grenadiers de Voltar os perseguem em sua fuga em direção à fronteira, até que uma pequena demonstração de força do Thunderclap os faz pensar um pouco melhor se valeria a pena recapturar os prisioneiros.

Me parece uma regra bem razoável.