Keel-Haul

O Almirante Keel-Haul foi lançado em 1985, pela série quatro de G.I. Joe. Ele acompanhava o porta-aviões que capitaneava, o USS Flagg.

Informações da ficha:

Nome de código:

Keel-Haul

ADMIRAL (ALMIRANTE)

Significado do nome de código: Passar pela quilha, uma punição a marinheiros que consistia em atar uma corda no infrator, atirá-lo ao mar e puxá-lo por baixo da embarcação até o outro lado.
Nome de arquivo: Colby, Everett P.
NÚMERO DE SÉRIE: 672-38-4202
Local de nascimento: Charlottesville, Virginia
Especialidade Primária: Comandante
Especialidade Secundária: Piloto
Comando: U.S.S. FLAGG

Formou-se em Annapolis e na Escola de Voo da Marinha. Pilotou o Phantom F-4 a partir do Intrepid¹ no final dos anos 60. Frequentou o Colégio de Guerra Naval em Newport, RI e o Armed Forces Staff College. Laureado com a Cruz da Marinha², DFC ³e Medalha do Ar4. Keel-Haul é um respeitado historiador militar, um jogador de xadrez de nível nacional e, possivelmente, o pior clarinetista do mundo.
“O Keel-Haul sempre foi tranquilo. Ele poderia pousar um F-4 no convés de um porta-aviões à noite com metade seus instrumentos pifados e sair assobiando. Você sabe como é pousar em um porta-aviões à noite? Tente pular em um skate em movimento de olhos vendados!”

1 – Porta-aviões da marinha americana, de classe Essex, que esteve em uso entre 1943 e 1974. No período mencionado acima, deu suporte às aeronaves americanas na Guerra do Vietnã. Hoje, aportado em Nova York, funciona como um museu.
2 – Segunda maior condecoração das Forças-Armadas dos EUA, e maior da Marinha. É conferida por demonstração de bravura em combate.
3 – Distinguishing Flying Cross, medalha concedida por bravura ou façanha extraordinária em voo.
4 – Condecoração para pilotos que se destacaram na área de aviação.
Keel- Haul e Airtight no USS Flagg, em display no Pit Museum.

Brasil | Anjo da Guarda

Uma repintura da versão 2 de Keel-Haul fez parte da série doze de Comandos em Ação, em 1995. Ficou conhecido como Piloto do Resgator, codinome Anjo da Guarda. Apesar de o nome enganar os desavisados, ele e o Resgator eram vendidos separadamente.

Informações da ficha:

Anjo da Guarda

Piloto do Resgator

Escoteiro, salva-vidas, voluntário da Defesa Civil, assistente social, médico, missionário na selva amazônica. Ele foi e é de tudo um pouco. Sempre ajudando as pessoas e salvando vidas. Só podia mesmo virar o ANJO DA GUARDA dos Comandos!

“Ele se tornou uma legenda (sic) nos Comandos quando, sozinho, efetuou o resgate dos passageiros de um trem acidentado nas montanhas. Conteve o pânico, organizou a retirada das pessoas, medicou as vítimas. – Esse moço é nosso anjo da guarda, diziam. Era mesmo.”

Anjo da Guarda em display no Pit Museum.

Animações

Sunbow

Keel-Haul nunca apareceu no desenho. Ao invés dele, o veterano Almirante Ledger era o capitão do Flagg.