Gung Ho

Gung Ho foi originalmente lançado nos EUA pela Hasbro na segunda série de G.I. Joe. Com um visual um pouco mais à vontade que seus companheiros de farda, é bem caracterizado por cobrir o torso apenas com um colete, deixando sua enorme tatuagem no peito com o logo dos Marines americanos à mostra.

Informações da ficha:

Nome de código:

Gung Ho

Marine

Significado do nome de código: A expressão “gung ho” em inglês quer dizer disposto e ansioso, e foi adotada como slogan pelos Marines. Ela não soa como outras palavras da língua inglesa porque vem de uma frase em chinês que quer dizer “trabalhar junto”.
Nome de arquivo: LaFitte, Ettienne R.
Número de série: MC56488390
Graduação: E-7 (Sargento)
Local de Nascimento: Fer-de-Lance, La.
Especialidade Primária: Recondo
Especialidade Secundária: Instrutor de Treinamento de Guerra na Selva

Nascido em um grande clã cajun¹ de uma área de várzea. Gung-Ho mudou-se para Nova Orléans e conquistou uma invejável reputação como lutador de faca e boxe sem luvas. Entrou para os fuzileiros navais aos 18 anos e formou-se em primeiro da turma no campo de treinamento da Parris Island. Frequentou: Escola de Aerotransporte, Escola Recondo (Reconhecimento e Comando) e Escola de Artilharia dos Fuzileiros Navais. Especialista Qualificado: Todas as armas de infantaria da OTAN e a maioria das armas de infantaria do Pacto de Varsóvia, Lançador de Granadas XM-76.

ZAP diz: “Todos os fuzileiros são malucos, mas Gung-Ho é o jarhead² mais espinhoso, assustador e maluco que já escapou aos chutes, arranhões e mordidas daquele buraco no pântano que eles chamam de Parris Island!”

1 – Cajun é como se chama os descendentes dos acadianos, colonizadores de origem francesa (muitos deles miscigenados com o povo indígena local) expulsos do Canadá devido a perseguições religiosas e que se estabeleceram na região da Louisiana.
2 – Cabeça de jarro, apelido dado aos Fuzileiros Navais (ou Marines) na Segunda Guerra Mundial porque eles usavam capacetes feitos na fábrica de jarros Mason.

Gung Ho em display no Pit Museum.

Versão 2 | Uniforme Azul de Marine

A versão 2 de Gung Ho foi lançada originalmente em 1987, pela série seis de G.I. Joe. Essa versão ficou conhecida como Marine Dress Blues, ou Uniforme Azul de Marine, que é o nome do traje formal oficial dos Marines americanos.

Informações da ficha:

Nome de código:

Gung Ho

Marine em Uniforme Azul

Nome de arquivo: La Fitte, Etienne R.
Número de série: MC 564-88-3900
Especialidade Primária: Instrutor de Reconhecimento e Comando
Especialidade Secundária: Instrutor de Treinamento de Guerra na Selva
Local de Nascimento: Fer-de Lance, Louisiana
Graduação: E-7 (Sargento)

Gung-Ho nasceu e foi criado em um pântano, frequentou o campo de treinamento em um pântano e passou a maior parte de sua carreira no Corpo de Marines se esgueirando pelos pântanos de outros países com um lançador de granadas nas mãos. Ele pode fazer rastejamento pela água turva mais desagradável, pela lama mais fétida e pelo lodo borbulhante por uma semana, com metade de seu corpo coberto de sanguessugas e a outra metade em carne viva de picadas de insetos e ainda fazer uma formação de inspeção às 07:00 com as medalhas polidas e sapatos engraxados com cuspe, calças com vincos impecáveis e uma expressão raivosa em seus olhos. Isso é um marine.

Gung Ho versão 2 no Coastal Defender, no diorama da batalha no Himalaia.

Brasil | Gung Ho

A sua segunda versão foi disponibilizada por aqui com o nome de Marechal do Ar, codinome Gung Ho. Ele vinha com braços e equipamentos diferentes, no entanto, e fez parte da série 10 (1993) do Comandos em Ação da Estrela.

Japão | ガンホー

Gung Ho foi lançado no Japão em 1986 pela Takara.

Informações da ficha:

ガンホー

G-10
Nome em roomaji: Gan Hoo (Gung Ho)

Animações

Sunbow

Gung Ho apareceu pela primeira vez nas animações da Sunbow na minissérie O Mecanismo MASS. Nos EUA, sua voz era interpretada por
Christopher Latta. No Brasil, Nelson Batista encarnou o personagem inicialmente, e, mais tarde, Orlando Drummond assumiu os microfones.

Gung Ho em A Batalha pelo Trem de Ouro.

HQs

Marvel

O Gung Ho apareceu pela primeira vez em G.I. Joe – A Real American Hero nº11 , da Marvel.

Gung Ho em ARAH nº 11 (traço de Mike Volsburg).

Filmes Live Action

G.I. Joe – A Origem do Cobra

Embora Gung Ho não tenha aparecido no filme, um cameo do ator Brandon Frasier no papel chegou a ser cogitado, mas ele acabou fazendo o Sgt. Stone, criado especialmente para o filme. “Com todo o respeito, se você pesquisar sobre ele, ele parece um refugiado dos Village People e, não, eu não me trajei como tal”, disse o intérprete. Mais tarde, ele esclareceu que gravou as canas sem saber quem era seu personagem, que acha que isso foi definido bem depois e que, aparentemente, a Paramount não conseguiu permissão legal para usar o nome do marine.