Cross-Country

Cross-Country foi lançado originalmente pela série cinco de G.I. Joe em 1986. Seu nome de código literalmente significa Através de Campos e é um termo usado para se referir a corridas em trilhas de campo aberto.

Cross-Country era vendido acompanhado do HAVOC.

Informações da ficha:

Nome de código:

Cross-Country

Piloto do HAVOC

Significado do nome de código: Literalmente significa Através de Campos e é um termo usado para se referir a corridas em trilhas de campo aberto
Nome de arquivo: Blais, Robert M.
Número de série: RA 555-38-6214
Especialidade Militar Primária: Blindados
Especialidade Militar Secundária: Operador de Equipamento Pesado
Local de nascimento: Greensboro, Carolina do Norte
Graduação: E-5

O pai de Cross-Country era operador de escavadeira e sua mãe dirigia uma motoniveladora. Pode-se dizer que ele nasceu para dirigir coisas grandes e amarelas que funcionam a diesel. Juntamente à sua afinidade natural por maquinaria pesada, o seu senso de direção e destemor sob fogo fazem dele o cara que você quer no volante, esteja você em uma situação difícil ou tentando sair de uma! Especialista qualificado em Canhão Laser Pesado, M-16A2, M-2 .50 cal. MG e pistola automática .45.

“Crank-Case pode ser um selvagem no volante de seu AWE Striker, mas o Cross-Country pilota aquele seu HAVOC em terreno que quebraria ambos os eixos do RTV. É claro que um veículo com esteiras tem vantagens naturais, mas é o talento do Cross-Country para sentir a oscilação mais favorável, a lama mais superficial e a areia mais firme que faz a diferença. “

Cross-Country pilotando o HAVOC no diorama da Ilha Cobra.

Animações

Sunbow

Cross-Country apareceu nas animações da Sunbow pela primeira vez na minissérie Arise Serpentor Arise. Nos EUA, sua voz era interpretada por Michael McConnohie. No Brasil, teve vários dubladores.

O Cross-Country em Arise Serpentor Arise.

HQs

Marvel

Cross-Country apareceu pela primeira vez nas HQs da Marvel em G.I. Joe – A Real American Hero nº 51.

Cross-Country em ARAH nº 51 (traço de Rod Whigham).