Cobra Commander

O Cobra Commander, ou Comandante Cobra, como acabou ficando conhecido no Brasil, foi lançado nos EUA originalmente na primeira série (1982), por meio de compra por correio. Ele também poderia ser adquirido junto com o Cobra Missile Command Headquarters.

Informações da ficha:

Nome de código: Líder Inimigo

Cobra Commander

Significado do nome: Comandante Cobra
Nome de arquivo: (CLASSIFICADO)
Nota: Comandante-em-chefe
Local de Nascimento: (CLASSIFICADO)
Especialidade Primária: Inteligência
Especialidade Secundária: Artilharia (Armamento Experimental)

Poder absoluto! Controle total do mundo… seu povo, riqueza e recursos – esse é o objetivo do Comandante COBRA. Este líder fanático governa com mão de ferro. Ele exige total lealdade e aliança. Seu principal plano de batalha, para o controle do mundo, baseia-se na revolução e no caos. Ele pessoalmente liderou levantes no Oriente Médio, Sudeste Asiático e outros locais problemáticos. Responsável pelo sequestro de cientistas, empresários e líderes militares, forçando-os a revelar seus segredos de alto nível.
“Comandante COBRA é ódio e o mal personificado. Corrupto. Um homem sem escrúpulos. Provavelmente o homem mais perigoso vivo!”

O Comandante Cobra na bolha em que era enviado pelo correio.
Comandante Cobra, versão mais conhecida, liderando suas tropas no display do Pit Museum.

Variação | Logo “Mickey”

Comandante Cobra, variante com o logo do Cobra com olhos grandes, apelidado de Mickey. Em display em seu trono no Pit Museum. O trono foi feito com impressora 4D, e comprado pelo eBay.

Versão 1,5 | Swivel Arm

Como os demais bonecos de 1982, o Comandante Cobra foi relançado no ano seguinte com um ponto a mais de movimento nos braços (swivel arms).

O Cobra Commander em display no Pit Museum.

Versão 2 | Comandante Cobra Encapuzado

A segunda versão do Comandante Cobra foi lançada nos EUA pela série três de G.I. Joe, em 1984. Essa versão tem o corpo praticamente igual à versão original, apenas a pintura mudava para um tom mais escuro. Além disso, ao invés de portar seu indefectível capacete de batalha, aqui ele apresenta sua máscara de pano, usada no seu dia-a-dia e que já havia aparecido na revista havia algum tempo. Por esse motivo, é comum se referir a esta figura como Hooded Cobra Commander (Comandante Cobra Encapuzado).

A ficha desta versão continha as mesmas informações que a versão 1.

Baronesa ao lado do Comandante Cobra em display no diorama de Broca Beach, no Pit Museum.

Versão 3 | Comandante Cobra com Armadura de Batalha

A versão 3 do Comandante Cobra foi lançada pela série seis de G.I. Joe, em 1987.

Informações da ficha:

Nome de código:

Cobra Commander

Com Armadura de Batalha

Nome de arquivo: classificado

O Comandante Cobra gosta de estar lá na frente no meio da ação quando seus VIPERS, EELS e CGs confrontam a equipe G.I. Joe. Para proteger seu líder no calor da batalha, as melhores mentes técnicas da fábrica de armamentos de Destro criaram uma armadura especial que combina tecidos poliméricos flexíveis à prova de balas com componentes de chapa de aço de berílio. O traje inteiro é climatizado, resistente a solventes e blindado contra raios. O capacete é equipado com um sistema de comunicação integrado, leituras internas de qualidade ambiental e um monitor de computador miniaturizado.

“Pelo menos não precisamos nos preocupar com o Cobra equipando unidades inteiras com esses trajes. Cada um custa tanto quanto um caça! As peças da chapa resistem a um impacto direto de uma metralhadora pesada e as partes flexíveis param tudo com potência igual ou menor que uma magnum .357. Suspeitamos que o capacete tenha um dispositivo anti-violação com ligação direta a meio quilo de explosivo plástico! “

Nemesis parece ter diferenças com o Comandante Cobra Versão 3.

Brasil | Couraça

A versão três do Comandante Cobra, trajada com uma armadura de batalha, fez parte da sétima série do Comandos em Ação em 1989 como Cobra Armadura (Couraça).

Cabe destacar que a tradução do nome para Comandante Cobra, com o qual ficou conhecido no Brasil, era proveniente da animação, e mais tarde das HQs, uma vez que a Estrela nunca usou essa denominação para este personagem.

Japão | コブラコマンダー

A versão 1,5 do Comandante Cobra foi lançada no Japão em 1986 pela Takara.

Informações da ficha:

コブラコマンダー

E-01
Nome em roomaji: Kobura Komandaa (Cobra Commander)

Animações

Sunbow
O Comandante Cobra apareceu pela primeira vez na animação da Sunbow em O Dispositivo MASS, de 1983. Nos EUA, sua voz era interpretada por Chris Latta, e, no Brasil, ele era dublado pelo genial André Luiz Chapéu.

O Comandante na abertura de O Dispositivo MASS.

Embora fosse um dos personagens que mais apareceram em toda a série, ele não teve vida fácil. Além de amargar derrotas diárias contra os joes, ele também perdeu muito internamente na Organização Cobra.

No início da segunda temporada, ele sofre um golpe arquitetado pela cúpula de sua própria organização, cansada de sua incompetência em dominar o mundo, e perde o poder para Serpentor, líder projetado em laboratório a partir da fusão genética de grandes nomes militares ao redor do planeta.

Serpentor o mantém por perto para levar a culpa sempre que necessário. Apesar de parecer um bom negócio para ele em um primeiro momento, no longa animado G.I. Joe – the Movie, descobre-se que Golobulus, líder de Cobra La, a entidade secreta que financia o Cobra, não está nada satisfeito com as constantes derrotas e o sentencia a ser transformado em uma cobra. Ao final deste que foi o último desenho da série, o Comandante vai embora serpenteando irreversivelmente mudado.

DIC

A continuidade da DIC retoma diretamente os acontecimentos de G.I. Joe – The Movie, e o Comandante é transformado de volta pela Baronesa na minissérie Operation Dragonfire. O objetivo dela é se vingar dos Cobras e de Destro, que a trocou pela Zarana.

Mas a transformação acontece pela metade, e ele permanece parte cobra. Apesar disso, ele consegue tomar o poder de volta de Serpentor, que é transformado em uma iguana, e passa o resto da série como líder do Cobra.

HQs

O Comandante Cobra apareceu pela primeira vez nas HQs em G.I. Joe – A Real American Hero nº1 , da Marvel, tanto em sua versão encapuzada (2) quanto com o capacete de combate (1 e 1,5). Conforme mencionado acima, a tradução da Editora Globo acompanhou a denominação do personagem dada pela Herbert Richers.

Nas HQs, o Comandante era um vendedor de carros usados (segundo ele mesmo, fundar o Cobra foi “um passo em direção à honestidade”) que fundou uma empresa de vendas em formato de pirâmide, que era usada para recrutar novos membros. Em pouco tempo, toda a cidade de Springfield estava envolvida na nova organização.

Ele teve um filho chamado Billy, que maltratou a maior parte da vida. O jovem foi inclusive manipulado pela Baronesa e pelo Major Bludd para assinar o pai sem que nenhum dos envolvidos, a não ser o próprio Comandante, soubesse do parentesco.

Depois da tentativa de assassinato, Billy foi preso e libertado em seguida por Storm Shadow, que passou a treiná-lo em ninjitsu. Enquanto voltava para Springfield de carona, teve o carro em que estava explodido por Scrap Iron, que procurava acertar o Soft Master, que estava fugindo dos Cobras dos de roubar informações em uma delegacia e morreu na ocasião. Por coincidência, Candy, a ex-namorada de Rip-Cord, também estava de carona no carro e morreu no mesmo incidente.

Enquanto retornava de uma espetacular fuga que seguiu a destruição do Pit II, em que foi soterrado e dado como morto, o Comandante Cobra é avisado do que aconteceu com o filho por um guarda de trânsito que reconhece seu sobrenome no documento. No hospital, ele descobre que Billy perdeu um dos olhos e uma das pernas abaixo do joelho, além de ter ficado em coma por mais de um ano. Ao ver o filho daquele jeito, ele se arrepende de tudo o que fez e resolve tratá-lo.

Ele vai até um dos Sieges (Crimson Guards), que era especializado em robótica e interação fazer próteses para o filho. Nesse momento, o soldado chamado Fred VII apresenta uma armadura que fez para o Comandante. Trata-se da versão 3 do personagem, que apareceu pela primeira vez nas HQs da Marvel em G.I. Joe – A Real American Hero nº 58.

O Cobra Commander versão 3 em ARAH nº 58.

Fred VI fica chocado ao descobrir que o Comandante pretende mudar de vida e deixar a vilania de lado. Sem conseguir aceitar ter dedicado sua vida a uma causa que seu líder não acredita mais, atira nele pelas costas.

Fred VI

Depois de se livrar do corpo do antigo Comandante com seu comparsa Raptor, Fred VII aluga um barco e chega à Ilha Cobra com estardalhaço. Lá, vê que a organização está agora liderada pelo Serpentor, que desconfia da sua identidade.

O problema é que ninguém ali conhece o verdadeiro rosto do Comandante Cobra, a não ser a Baronesa. Cabe a ela, então, verificar sua identidade. Eles vão a um lugar reservado e ela imediatamente percebe que ele não é o seu verdadeiro líder. Ela decide participar da farsa depois que sua falha em proteger o prédio da embaixada do Cobra em Nova York havia feito com que perdesse poder na organização, e vê a sociedade com o impostor como uma maneira de recuperá-lo.

Serpentor é obrigado a receber o Comandante de volta, mas planeja um meio de derrubá-lo. Em uma discussão em uma cerimônia em homenagem ao Space Viper, que roubou uma tecnologia crucial para inteligência dos Joes, eles têm um bate-boca, saem na mão na frente dos soldados, e declaram guerra civil na Ilha Cobra.

Debate de alto nível.

Filmes Live-action

G.I. Joe – A Origem do Cobra

O Comandante Cobra foi interpretado nas telonas por Joseph Gordon-Levitt no longa de 2009. No primeiro filme, houve a tentativa de se criar uma história para ele, e esconderam sua participação até o final da trama. Ele escraviza boa parte dos seus aliados com a ajuda da tecnologia de nanomitas, inclusive Destro e Baronesa, sua irmã.

Comandante Cobra em G.I. Joe – Rise of Cobra, da Paramount

G.I. Joe – Retaliação

No segundo filme, eles deixaram tudo isso de lado e ele é apresentado apenas como um sujeito bem malvado e com recursos militares infinitos. Luke Bracey assumiu o papel em um uniforme que lembrava mais o original da versão 1.

Comandante Cobra em G.I. Joe Retaliação, da Paramount