Copperhead

O Copperhead fez parte da série 3 de G.I. Joe em 1984 e vinha acompanhado do Cobra Water Mocassin.

Nome de código:

Copperhead

WATER MOCCASIN PILOT (Piloto do Water Mocassin)

Significado do nome de código: Serpente-mocassim-cabeça-de-cobre, uma espécie de víbora comum no leste dos EUA.
Nome de arquivo: Classificado
Lugar de Local de nascimento: Desconhecido
Especialidade Primária: Operador de aerobarco de pântano

Presume-se que o Copperhead seja nativo ou intimamente familiarizado com os Everglades da Flórida. Fontes de inteligência aventam o palpite de que ele teria participado de corridas de lancha em Mônaco e no Japão. Sua maior fraqueza é o jogo de azar. É provável que ele tenha começado fazendo apostas em suas próprias corridas. Aparentemente, ele agravou sua loucura vendendo seus serviços para o COBRA na esperança de pagar seus corretores de apostas.

Gung-Ho diz: “Claro. Eu conheço o tipo. Eles estão por toda a parte na Costa do Golfo. Lixo. Marginais. Eles podem dirigir um buggy que nem o diabo, reconstruir um V-8 com um cabide e cuspe, brigar a noite toda e tocar o terror até o galo cantar. Eles têm o coração cheio de exigências e a boca cheia de palavras educadas… “

Copperhead e seu Water Mocassin em display no diorama de Broca Beach, no pit Museum.

Brasil | Pântano

Copperhead foi lançado pela Estrela sem acompanhar nenhum veículo em versão da Força Naja na série sete do Comandos em Ação, em 1990, como Naja Anfíbio, codinome Pântano.

Pântano em display no Pit Museum.

Animações

Sunbow

Copperhead apareceu pela primeira vez nas animações da Sunbow no episódio Armadilha na Selva. Sua voz era interpretada por Frank Welker e, no Brasil, teve vários dubladores.

Copperhead em Armadilha na Selva.