Baroness

A Baroness (ou Baronesa, como era chamada no desenho) foi lançada originalmente pela série três de G.I. Joe, em 1984.

Informações da ficha:

Nome de código:

Baroness

Cobra Intelligence Officer (Oficial de Inteligência Cobra)

Significado do nome de código: Baronesa
Local de nascimento: Classificado
Especialidade Primária: Inteligência
Especialidade Secundária: Pilotagem de aeronave de asa fixa

Filha mimada de ricos aristocratas europeus, a Baronesa se formou envolvida em radicalismo estudantil, depois em terrorismo internacional e, finalmente, nas fileiras da COBRA. Ela sofreu queimaduras graves durante uma operação de ataque noturno do COBRA e passou por extensas cirurgias plásticas. Há rumores de que ela é a única que conhece a identidade secreta de Destro. Perita qualificada: M-16; AK-47; RPG7; Uzi; Operação de tanque H.I.S.S..
“Sua principal fraqueza está na divisão de sua lealdade entre o Comandante COBRA e o Destro. Sua principal força parece estar em sua capacidade jogá-los um contra o outro.”

Baronesa ao lado do Comandante Cobra em display no diorama de Broca Beach, no Pit Museum.

Japão | バロネス

A versão 1 da Baronesa foi lançada no Japão em 1986 pela Takara.

Informações da ficha:

バロネス

E-04
Nome em roomaji: Baronesu (Baroness)

Animações

Sunbow

A Baronesa apareceu pela primeira vez na minissérie O Mecanismo MASS, antes de ser lançada em brinquedo. Nessa época, ela já era um personagem da HQ (ver abaixo). Assim como no gibi, ela forma um casal com Destro.

Nos EUA, sua voz era interpretada por Morgan Lofting, enquanto no Brasil, ela era dublada por Sônia Ferreira.

HQs

Marvel

A Baronesa foi criada por Larry Hama por uma necessidade narrativa. Ele precisava de alguém no Cobra que não usasse máscara para reagir emocionalmente nas cenas e assim fazer o leitor entender melhor a carga dramática. “E se fosse uma boazuda de roupa de couro, tanto melhor”. Palavras dele, não minhas.

Baronesa em ARAH nº1 (traço de Herb Trimpe).

Fato é que a Baronesa já aparecia na revista dois anos antes de ganhar uma versão de plástico na que é uma das mais belas esculturas de toda a coleção.

Na trama, ela é dividida entre sua lealdade ao Comandante Cobra e ao então recém-chegado Destro, que quer tomar o poder na organização. Quando ela vê que o Major Bludd está tentando matar o escocês, ela desvia o Hiss em que os dois estão e bate em um caminhão. O Major escapa e se recusa a ajudá-la a sair das ferragens, e então…

Ela é socorrida pelos joes com 80% do corpo queimado. O Major Bludd consegue regatá-la quando ele mesmo está fugindo do QG dos mocinhos para assim chantagear o Comandante Cobra. Destro não sabe, nesse ponto, nem que a Baronesa está viva nem que o Comandante queria matá-lo.

Ela se trata na Suíça e consegue se recuperar totalmente, e então assume o uniforme de couro do brinquedo. Ela reassume sua posição no Cobra em razão de sua boa relação com o Comandante, mas depois arma um complô para mata-lo usando Billy. A tentativa falha por intervenção de Destro, e todos ficam sabendo que o quase assassino é, na verdade, filho do quase assassinado. Ele nunca entrega sua cúmplice.

Quando Serpentor passa a liderar o Cobra, ela assume o Consulado Cobra em Nova York até que um grupo contrarrevolucionário de Sierra Gordo ajudado pelo G.I. Joe consegue invadi-lo. Diante dessa falha, ela perde o posto para Zarana e, por este motivo, ajuda o Fred VII, que assassinou e estava se fazendo passar pelo Comandante Cobra. Como uma das únicas pessoas que sabia como era o rosto do finado, ela finge reconhece-lo em troca de compartilhar a liderança da organização.

Filmes Live-action

G.I. Joe – A Origem do Cobra

A Baronesa foi uma das personagens principais do filme de 2009, com Sienna Miller no papel. Nessa versão, ela é irmã do Comandante Cobra e interesse amoroso de Destro (Christopher Eccleston) e Duke (Channing Tatum).